• PkNews

Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica relacionada a infecção pelo Covid-19

A Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P ou MIS-C na sigla em inglês) é uma apresentação inflamatória rara que, desde abril de 2020, vem sendo descrita entre crianças e adolescentes relacionada a infecção pelo C0ronavírus.


Se especula ainda a causa exata que leva algumas crianças a desenvolverem a síndrome e outras não. Pela similaridade de apresentação, alguns autores sugerem que a SIM-P seja uma forma de apresentação da Doença de Kawasaki.


No Brasil, conforme o último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, foram 736 crianças acometidas desde o início das notificações e 46 óbitos relacionados. Há uma predominância em pacientes masculinos e entre 0 a 4 anos, mas pode ocorrer de 0 a 19 anos. Nós pediatras temos que estar atentos à apresentação para seguir com as condutas adequadas de encaminhamento e oferecer à criança atendimento rápido.


O quadro clínico se caracteriza por:

- Febre persistente (mais de 3 dias);

- Sinais Inflamatórios (rash, conjuntivite, alterações de mucosa oral);

- Sintomas Gastrointestinais (diarreia, dor abdominal);

- Disfunção Cardíaca (pancardite sem elevação de ST);

- Alterações Laboratoriais (aumento de PCR, VSG, DHL, ferritina, neutrofilia, estadode hipercoagulabilidade);


O tratamento pode incluir Imunoglobulinas, antibióticos, aspirina e avaliação cardiológica. Além disso, estudos vêm sendo realizados com uso de metilprednisolona e o tocalizumab. Nem a incidência nem a mortalidade são altas, mas essa síndrome leva crianças saudáveis a quadros ameaçadores de vida e precisamos estar atentos.


Dra. Paula Sanseverino

Pneumologista na Pronto Kids

#prontokids #blog #pediatria #pediatra #saúde #síndromeinflamatóriamultissistêmicapediátrica #simp #misc #crianças #adolescentes #atenção #especialidadespediatricas